Comunidade São Vicente de Paulo em Destaque!

                                         O que é liturgia?

Liturgia não é um esquema montado num papel, nem uma encenação que se faz para a Igreja. Liturgia é o conjunto de elementos , formas, sinais e símbolos pelos quais se realiza um culto. Culto, por sua vez, é o encontro de uma comunidade com Deus.

Cada comunidade cristã tem uma maneira de se relacionar com Deus, por isso a liturgia possui diferenças de comunidade para comunidade, mas possui em seu conjunto elementos comuns a todas as liturgias cristãs.

                                       

                                           Elementos da liturgia

A liturgia é constituída de três elementos básicos:

---> objetos sensíveis(instrumentos usados na cerimônia);

---> palavras (textos ou fórmulas que constituem o RITO);

---> ações (gestos que formam as CERIMÔNIAS);

 

a) Objetos, são os objetos sensíveis propriamente ditos, como a matéria dos sacramentos, o incenso, a lamparina de azeite, as velas de cera; mas aqui se pode incluir também o tempo e o lugar prescrito para cada ato litúrgico.

b) As palavras constituem o texto das orações, os formulários, a conversão secreta ou em alta voz, assim como a forma dos sacramentos. O conjunto de toda a monologação ou dialogação litúrgica é o que se denomina Rito. Ex.: Leituras bíblicas, interpretação, oração de intercessão dentre outros.

c) As ações são os movimentos ou gestos que podem ou não acompanhar as palavras: no primeiro caso, ajudam a inteligência do texto, como toda linguagem mímica em geral; no segundo caso, têm um sentido místico ou simbólico e constituem, por si sós, uma linguagem muda: tais são, por exemplo, as genuflexões, a prostração ao pé do altar, a posição dos braços abertos ou das mãos postas, as cruzes traçadas com as mãos, o estar de pé ou de joelhos, ósculos, etc.

O conjunto das ações ou gestos é o que se denomina cerimônias.

                                            Cores Litúrgicas

As diferentes cores das vestes litúrgicas visam manifestar externamente o caráter dos mistérios celebrados, e também a consciência de uma vida cristã que progride com o desenrolar do ano litúrgico. No princípio havia uma certa preferência pelo branco. Não existiam ainda as chamadas "cores litúrgicas". Estas cores foram fixadas em Roma no século XII. Em pouco tempo os cristãos do mundo interiro aderiram a este costume.

Branco =>   Usado na Páscoa, no Natal, nas Festas do Senhor, nas Festas de Nossa Senhora e dos Santos, exceto dos mártires. Simboliza alegria, ressurreição, vitória, pureza e alegria.

Vermelho => Lembra o fogo do Espírito Santo. Por isso é a cor de Pentecostes. Lembra também o sangue. É a cor dos mártires e da sexta-feira da Paixão. -

Verde =>    Se usa nos domingos do Tempo Comum e nos dias da semana. Está ligado ao crescimento, à esperança. -
Roxo =>      Usado no Advento e na Quaresma. É símbolo da penitência e da serenidade. Também pode ser usado nas missas dos defuntos e na confissão. -

Preto =>     É sinal de tristeza e luto. Hoje é pouco usado na liturgia. -

Rosa =>      O rosa pode ser usado no 3º domingo do Advento (Gaudete) e 4º domingo da Quaresma (Laetare).

                                     

                                

Comunidade São Vicente

Horário das Celebrações:

Domingo: 8h e ás 19h30
Quinta-feira: Novena em louvor a Nossa Senhora do Pepétuo Socorro ás 19h30

Endereço:

Rua B-6 n°72. Vila Americana do Brasil. Goiânia - GO
CEP: 74.210-101.
Ponto de Referência: Atrás do Hospital Santa Casa.

Fone: (62) 3251-2133

E-mail principal:

Nossa Localização:

Clique aqui para ver o Mapa!

Desenvolvimento:   Criativo Sites!    -   "Não seja apenas mais um na internet, seja CRIATIVO!"